Não sei aonde perdi...



Não sei aonde perdi...

Era tudo tão perfeito

Sem efeito

E sem mais 

Tudo se perdeu.

E vc não está mais lá.

Oh! destino matreiro,

Tão sorrateiro.

Pega de surpresa,a sua presa.

Grava em sua carne suas iniciais,

E vai embora.

Sem pedir licença

Sem crença.

Somente a chorar,

Esperando a ferida sarar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

voar

E quando a noite chega...

conto1