Chegará um dia...

Chegará um dia...
A qual olharei para trás;
E rirei de tudo que já escrevi na vida;
O comediante principal será eu...
Ainda farei a reflexão:
Onde estava com os pensamentos...
Pessoas como eu...
São intensas.
Não peça para relacionar me pela metade,
Não saberei fazer isso.
Sou assim "oito ou oitenta";
Não brinco com sentimentos;
E sei que sentimentos no final de tudo são egoístas;
E não sabem ouvir um não;
E assimilar o "não", é algo que demora um tempo...
Mas não...
Não há grandes preocupações,
Pois sei que passar não vai,
Por que passado não se apaga,
Apenas muda o valor que nos têm.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

voar

E quando a noite chega...

conto1