Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2018

Reflexão

O tempo voa, os cabelos brancos, as marcas de expressão, estão ali junto com os calos e cicatrizes. São tantas responsabilidades, e muitas delas não percebemos quando ou por que foi assumido, em tantos detalhes, observamos que somos referência, mesmo não nos importando com isso, mas é preciso se ater, pois neste exato momento pode ser que você seja o espelho ou a inspiração de alguém. E até onde sua atitude contribui ou desagrega, por quê, por mais moderno que você diga ser, tem enraizado em você, o senso comum, aquele que desde pequeno está sendo repetido diariamente, e grita dentro da sua alma, dizendo que as regras são as mesmas de sempre, limitadoras e um tanto constrangedoras até. A sociedade na maioria das vezes se mascara, dizendo-se modernos, mas não sabemos ainda, qual a capacidade do ser humano e até onde em nome do poder, da modernidade e da tecnologia vão ser capazes de avançar em cima das regras criadas. E então quais são os limites?Transformar o que está enraizado dentro…